Servidor do TRE-RR ministra palestra sobre atuação da mulher na política

Objetivo é incentivar mulheres não apenas a se filiarem, mas participarem ativamente da elaboração de políticas públicas

TRE-RR - Palestra Sílvio ALE-RR

"Empoderamento das Mulheres na Polítca", foi o tema da palestra ministrada pelo servidor Silvio Fernando de Carvalho Brasil, analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), nesta quinta-feira (12), para a Equipe do Núcleo de Mulheres na Política da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima, na sede da Procuradoria Especial da Mulher.

“Considero necessário a capacitação da mulher, o chamado empoderamento, que se resume não apenas em trabalhar sua alto-estima, mas também preparar essa mulher através de conhecimentos técnicos aplicados à legislação eleitoral. Levar esses conhecimentos legais e trabalhar questões de cidadania faz parte do nosso trabalho, enquanto Justiça Eleitoral”, destacou Silvio Fernando.

A representatividade feminina na política ainda é baixa. Pela falta de informação, muitas mulheres não almejam ocupar cargos de poder, serem eleitas ou tomarem decisões políticas. O Núcleo de Mulheres na Política foi criado para tentar mudar esta realidade e incentivar esse público a participar do parlamento, executando políticas públicas voltadas ao gênero. O trabalho do Núcleo é no sentido de entusiasmar e empoderar as mulheres para serem atuantes na política e a não se deixarem apenas serem usadas como meras "laranjas",

O núcleo presta atendimentos, principalmente com esclarecimento de dúvidas sobre política. No local, essas mulheres são recebidas por uma equipe formada por advogados, assistentes sociais, psicólogos entre outros profissionais. O trabalho pretende mostrar às mulheres que elas podem – e devem – participar ativamente na tomada de decisões.

As mulheres representam 51,15% dos eleitores do Estado, de acordo com o TRE-RR. Essa representatividade não se reflete na política. Por lei, os partidos e coligações precisam respeitar a cota mínima de 30% de participação para candidaturas de cada sexo, no entanto, ainda falta engajamento efetivo das mulheres no parlamento.

Últimas notícias postadas

Recentes

TSE lança programa Minuto da Checagem

Material será veiculado uma vez por mês no canal da Corte Eleitoral no YouTube. Objetivo é mostrar ao eleitor a importância de checar as informações antes de compartilhá-las