TRE-RR altera local de votação em razão do furto de fios elétricos em escola

Quem tiver dúvidas sobre onde votar, pode ligar no Disque-eleitor: 2121-7090, todos os dias, das 8h às 18h

TRE-RR - Disque-eleitor 2020

A Justiça Eleitoral roraimense informa que os 2.143 eleitores que votaram no primeiro turno das Eleições Municipais 2020 em oito seções na escola Antônio Carlos Natalino irão votar no segundo turno na escola Pedro Elias de Albuquerque Pereira, localizada na rua Ametista, nº 631, bairro Jóquei Clube. A alteração ocorreu devido ao furto da fiação elétrica do prédio.

Clique aqui e saiba quais os 22 locais de votação que mudaram de endereço em Boa Vista.

Conforme explicou o secretário de tecnologia da informação do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), Paulo Cezar Rodrigues, nos locais onde houve mudança, foi colocada uma faixa indicando a nova escola que o eleitor deverá ir para votar. “Além disso, a assessoria de comunicação do TRE-RR publicou nas redes sociais do Tribunal e encaminhou release para a imprensa informando as alterações”, ressaltou.

 

Mudanças

Somente na capital, houve alteração de endereço em 16 locais na 1ª Zona Eleitoral (ZE) e seis na 5ª ZE, seja por conta de reformas em prédios públicos ou porque as escolas não oferecem condições de abrigar as seções. Por essa razão, os eleitores precisam verificar com atenção e antecipadamente se continuam votando no mesmo local.

Para confirmar se houve alguma mudança do local onde vota, o eleitor tem a sua disposição três formas de consulta. Um dos canais disponibilizados pela Justiça Eleitoral é o Disque-Eleitor, no número 2121-7090, que funciona todos os dias das 8h às 18h.

Outra forma de consulta é pela internet, no site www.tre-rr.jus.br, Serviços ao eleitor / Local de votação. Uma opção prática é baixar o aplicativo e-Título, que nele tem o item ‘onde votar’, além da opção ‘como chegar’, disponibilizando meios para abrir os aplicativos Apple Maps e Google Maps.

A criação, extinção e unificação de locais de votação são determinadas pelos juízes eleitorais após estudo técnico onde são avaliados: a estrutura física dos imóveis; o número de eleitores, a viabilidade de transmissão de resultados, a capacidade de conexão à internet, o acesso público (transporte até o local), acessibilidade, redução de custos e logística.

Últimas notícias postadas

Recentes