Outubro Rosa
Twitter
Rss
Email

Imprensa

7 de agosto de 2017 - 9h35

TRE-RR - Biometria BV

Mais de 272 mil eleitores fizeram a biometria em Roraima

Atualmente, dos 324.554 eleitores de Roraima, mais de 272.000 foram registrados biometricamente no Estado, o que representa 83,8%, incluindo os municípios de Boa Vista (1ª e 5ª ZEs); Mucajaí e Iracema (6ª ZE); Caroebe, São João da Baliza e São Luiz do Anauá (4ª ZE); Caracaraí (2ª ZE); Rorainópolis (8ª ZE) e Alto Alegre (3ª ZE). “Em 2017, a Justiça Eleitoral roraimense pretende atingir a meta de 100% do eleitorado recadastrado biometricamente, atendendo os cidadãos dos municípios que ainda não passaram pelo procedimento”, ressaltou a presidente do TRE-RR, desembargadora Tânia Vasconcelos.

A meta estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é atingir 80% do eleitorado em cada município.

Conforme explicou o secretário de tecnologia da informação do TRE-RR, Wanderlan Fonseca, o recadastramento biométrico é obrigatório para todos, inclusive para aqueles que têm voto facultativo: analfabetos, eleitores entre 16 e 18 anos e cidadãos com mais de 70 anos que possuem título eleitoral. Estes também serão cancelados caso não compareçam.

“É importante que o eleitor não deixe para os últimos dias, pois a tendência é que haja fila e maior demora no atendimento quando estiver próximo do encerramento do prazo. Portanto, compareça no cartório eleitoral e faça sua revisão biométrica, é simples e rápido”, disse Fonseca ao lembrar que o expediente ocorre das 8h às 15h, sem intervalo para o almoço, inclusive sábado, domingo e feriado.

 

Penalidades

Além de ser obrigatório, ter o título eleitoral regularizado é uma garantia de direitos para o cidadão. Fonseca alertou que o eleitor sofre uma série de penalidades se não estiver quite com a Justiça Eleitoral. Se o título for cancelado, o cidadão não poderá receber benefícios sociais como o bolsa família; se for servidor público não poderá receber o salário; não poderá se matricular em universidade pública; e não poderá tomar posse em concurso público.

Com o título de eleitor cancelado, o eleitor também fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, não poderá regularizar o CPF, não poderá conseguir empréstimos e não poderá votar nas eleições do próximo ano.

 

Documentação

Para realizar o recadastramento biométrico, basta apresentar um documento de identificação oficial com foto (identidade, carteira profissional, carteira de trabalho ou passaporte), um comprovante de residência atualizado e o título de eleitor (se tiver).

 

Segurança

A biometria é uma tecnologia que confere mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação, pois o leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. Com isso, fica praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas. Um dos objetivos da biometria é atualizar o cadastro eleitoral, por meio da coleta de impressões digitais, registro fotográfico dos eleitores e revisão dos dados cadastrais.

 

Estatística

Atualmente existem aproximadamente 272.000 eleitores registrados biometricamente no Estado, o que representa 83,8%, incluindo os municípios de Boa Vista (1ª e 5ª ZEs); Mucajaí e Iracema (6ª ZE); Caroebe, São João da Baliza e São Luiz do Anauá (4ª ZE); Caracaraí (2ª ZE); Rorainópolis (8ª ZE) e Alto Alegre (3ª ZE). “Em 2017, a Justiça Eleitoral roraimense pretende atingir a meta de 100% do eleitorado recadastrado biometricamente, atendendo os cidadãos dos municípios que ainda não passaram pelo procedimento”, ressaltou a presidente do TRE-RR, desembargadora Tânia Vasconcelos.

Conforme dados do TSE, já concluíram a biometria os seguintes estados: Alagoas, Amapá, Distrito Federal e Sergipe. Em 2017, mais quatro estados devem concluir o recadastramento biométrico: Amazonas, Goiás, Roraima e Tocantins. Até 2022, todos os eleitores brasileiros deverão votar pelo sistema biométrico.

 

Cantá: 22/08 a 10/09

Bonfim: 3 a 14/10

Normandia: 17 a 25/10

Amajari: 30/10 a 08/11

Uiramutã: 14 a 20/11

Pacaraima: 28/11 a 08/12

Gestor Responsável: Assessoria de Comunicação +